O que fazer com os dados coletados pelo seu hotspot Wi-fi?

Se você é dono de um estabelecimento e fornece internet grátis para os clientes, sabe o que precisa fazer com os dados coletados pelo seu hotspot Wi-Fi?

Utilize os dados coletados a seu favor.

Se você é dono de um estabelecimento e fornece internet grátis para os clientes, sabe o que precisa fazer com os dados coletados pelo seu hotspot Wi-Fi? Os dados coletados compõem uma importante ferramenta de controle sobre quem está frequentando o empreendimento, ajudando no enquadramento do Marco Civil da Internet e na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) que entrará em vigor em breve. Porém, é possível utilizar estes dados para definir estratégias importantes do seu negócio e, assim, atingir diretamente o público que consome sua marca

No artigo de hoje, o SemSenha traz algumas sugestões sobre o que fazer com as informações coletadas a partir do nosso gerenciamento, que podem lhe direcionar sobre as estratégias utilizadas no seu negócio.

Identificando informações importantes

Uma recente matéria publicada no BuzzTime apontou a importância de ter um gerenciador de hotspot administrando a conexão Wi-Fi de estabelecimentos. A partir disso, infere-se que os dados coletados podem impactar diretamente nas vendas. Enquanto alguns proprietários optam por deixarem a plaquinha “Não temos Wi-Fi, conversem entre si” nos estabelecimentos, outros estão se tornando adeptos dos serviços de hotspot, oferecendo Wi-Fi grátis com a finalidade de conhecerem seus clientes e criarem campanhas de publicidade que os impacte diretamente.

Portanto, com essa ferramenta, é fundamental definir a coleta de informações como nome, e-mail, data de nascimento e telefone celular. A partir destes dados é possível traçar estratégias de marketing que poderão impactar diretamente no seu faturamento. 

Conhecendo o cliente a partir dos dados coletados pelo hotspot

Já discutimos em outros artigos o impacto das campanhas de marketing a partir dos dados coletados pelo gerenciador de hotspot. Vale lembrar que estamos falando de plataformas que suportam banners de anúncios em aparelhos conectados a rede Wi-Fi, para serem exibidos antes ou após o cadastro para liberar a conexão. Essa, sem dúvida, é uma estratégia com alto impacto comprovado.

Porém, é sempre importante frisar que há inúmeras possibilidades de ações a serem traçadas a partir dos dados coletados. Para alcançar esse objetivo, é necessário conhecer o cliente, traçar perfis, e só então personalizar a experiência para os frequentadores do estabelecimento. A partir desta análise, é possível aumentar a experiência do cliente e, consequentemente, aumentar a taxa de retorno no seu estabelecimento. Ter um gerenciador de hotspot, como o SemSenha, é fundamental para alcançar seus objetivos através desta coleta de dados. 

É importante também ressaltar que, segundo pesquisa feita pela PWC, clientes tendem a gostar de tecnologias nas lojas físicas. De acordo com os dados, 61% se sentem satisfeitos em lojas que oferecem Wi-Fi grátis, oferecendo um login rápido e simples. Portanto, nada de senhas e acessos complicados para dificultar a vidas dos seus possíveis compradores. 

Trabalhando com os dados

Ainda, nesta mesma pesquisa, clientes buscam inspiração para suas compras em redes sociais, sites de comparação como o TripAdvisor, E-mail e outros canais. Com um gerenciador de hotspot Wi-Fi, você pode levar seus clientes para estes canais.

Assim, para realizar ações de marketing que impactem diretamente seus clientes, o empresário pode segmentar os dados coletados no seu estabelecimento, separando assim os clientes a partir de idade, sexo, se é novo visitante ou visitante frequente, entre outros. 

Um exemplo é utilizar os dados coletados para entender se o estabelecimento está investindo em um público que realmente frequenta o lugar. Afinal, você pode estar voltando seus esforços para o perfil de um cliente que não costuma ir no seu negócio. No mesmo caminho, é possível assim criar e desenvolver produtos que atinjam diretamente o público que frequenta o seu estabelecimento.

Contato direto

Outra dica importante é obter um cadastro com e-mail. Desta forma, é possível entrar em contato para realizar pesquisas, saber o que o cliente deseja ver no estabelecimento. Ou, além disso, sugestões sobre o que pode ser melhorado. Também perguntar qual é a melhor parte do seu estabelecimento para também reconhecer os acertos.

Realizar formulários e um questionamento direto abre um canal entre o estabelecimento e o cliente, e tal aproximação pode impactar diretamente em um aumento considerável e na fidelização dos seus clientes. Com estes formulários, é possível saber se o cliente não gostou de algo, entender a situação e, então, arrumar o cenário de alguma forma.

Essas são algumas dicas que deverão impactar o seu negócio, e que você precisa ficar atento. Adotando uma correta administração dos dados coletados pelo gerenciador de hotspot como o SemSenha, é possível alavancar o sucesso e o alcance do seu empreendimento.

E você, ficou com alguma dúvida ou tem sugestões para fazer? Deixe nos comentários. 

Este artigo foi útil para você? Conheça outras soluções e leia outras curiosidades no blog do SemSenha.

Como anda o marketing Wi-Fi do seu negócio?

Nós podemos melhorar seu marketing, o relacionamento com seus clientes e te ajudar a vender mais. Preencha o formulário ao lado que um de nossos especialistas irá lhe retornar.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima